Seg - Sex 13h às 20h
R. Dr. César 1368, sala 1705 - Santana - São Paulo - SP - CEP: 02013-004
atendimento@clinicaunire.com.br
(11) 3360 0800

News Clínica Unire

A melhor maneira de estar por dentro do mundo da beleza.
A Dra. Ana Priscia fala sobre a importância de se diagnosticar corretamente as alergias.
28
mar

Alergias: a importância do diagnóstico

Alergias podem ser muito graves

Alergias: o que você sabe sobre elas?

Eu sou a Dra. Ana Priscia, sou médica alergista e imunologista clínica também. Hoje eu quero conversar um pouco com vocês sobre algumas dúvidas que me perguntam muito no dia a dia do consultório. O que são as doenças alérgicas? Qual a sua gravidade? Quais as formas que nós temos de realizar o diagnóstico dessas patologias? Quero tirar essas dúvidas para vocês.

O que são alergias?

A alergia é uma resposta imunológica do corpo diante de um alérgeno externo, do ambiente. Pode ser pó, pelo de gato ou de cachorro, um perfume que você usou na pele, um alimento (camarão, amendoim, chocolate), um medicamento… várias coisas podem causar alergia. E o que a gente vê na pratica é que poucas pessoas conseguem fazer o diagnóstico exato do desencadeante da alergia. Recorrem ao atendimento de emergência, tratam as crises, mas não fazem o diagnostico efetivo, com isso o quadro fica recorrente.

A alergia pode ser leve, uma simples dermatite, um vermelhinho na pele, mas você já deve ter ouvido falar no caso mais grave da alergia que é o choque anafilático, a anafilaxia que pode ocorrer desde medicamentos no procedimento cirúrgico ou uma simples ingesta de um camarão num domingo de praia. Já pensou que transtorno? Domingão, todo mundo na praia, num momento de lazer, e alguém alérgico a camarão que não sabe ingere e tem uma reação grave, inclusive com risco de perder a vida.

As doenças alérgicas precisam ser muito bem investigadas e isso deve ser realizado pelo especialista. Então se você tem alguém na família ou você mesmo tem histórico de doença alérgica, não basta tratar com medicação sintomática, é preciso resolver o problema, investigar e excluir o que está causando o seu transtorno.

Acne na fase adulta? Pode acontecer. Clique aqui e saiba como tratar o problema.

Como diagnosticar uma alergia?

Hoje em dia os métodos diagnósticos em alergia estão bem simples. Os testes podem ser realizados, inclusive, dentro do consultório do especialista. Óbvio que precisa ser um médico com uma boa formação, o ambiente precisa estar preparado para realização desse procedimento e os testes realizados em consultório conferem um diagnóstico de uma gama enorme de alergias.

Os dois mais comuns que nós realizamos são o teste de puntura ou pricteste, que é o mais famoso dentre os pacientes, que é o “teste do pontinho” ou “teste do furinho”. A gente procede colocando pequenas gotas no antebraço do paciente e essas gotas tem extratos alergenicos e a gente faz uma pequena raspagem no local da gotinha. Resultado sai em 15 minutos, então é um teste rápido, eficaz, seguro, e indolor. Em 15 minutos o paciente consegue receber o diagnóstico daquela alergia que ele tem.

O outro teste disponível na prática clínica, muito fácil de executar, é o teste de contato ou patch teste. Esse teste visa muito mais as doenças dermatológicas, está relacionado a alergias de pele que podem ser desencadeadas por cosméticos, produtos de limpeza, produtos químicos e, em alguns casos específicos, o teste de contato pode ser auxiliar no diagnóstico de alergias alimentares ou até medicamentosas.

Manchas escuras no rosto? Atenção! Pode ser melasma. Clique aqui e saiba mais.

Como é feito esse teste?

Nós colocamos um adesivo nas costas do paciente e esse adesivo contém aquelas substâncias suspeitas de causar alergia que nós queremos investigar e o paciente vai ficar de 2 a 3 dias com esse adesivo na região das costas. Após esse período ele retorna no consultório e a gente já faz o diagnóstico em menos de 4 dias.

Então, pessoal, eu queria deixar esse recado de que a alergia pode ser uma coisa mais simples, mas pode ser uma coisa grave e necessita de diagnóstico. Procure um especialista, efetue o diagnóstico correto para que a gente possa resolver o problema de forma mais efetiva.

Rugas? Linhas de expressão? A toxina botulínica pode ajudar! Clique aqui e conheça.